quinta-feira, 4 de agosto de 2011

-



eu quero parar de me gritar

antes parecia que falar-se em voz alta
ajudava a não se deixar sumir
e caso fosse preciso
ajudava também a voltar para si

mas falar alto não adianta

a alma escuta melhor a voz suave
um suspiro perdido aqui por dentro
um sussurro de si
uma volta no tempo:

eu era o que ainda devia ser.
eu sou o que não deveria ter sido.

ficou o coração sem o azul de antes
pulsando vermelho
pra quem não sabe o que ele foi
e continua achando apenas
normal.


6 comentários:

Stella Rodrigues disse...

O que aocntece com a gente, só a gente sabe só a gente sente.

Má Midlej disse...

Eu li e pensei em como a gente sempre acaba falando do que sente, e nunca parece verdade. Porque de fato, ''gritar-se'' não adianta. rs
Lindo.

Oliver disse...

Lindo, lindo!
Concordo muito com você. Sabe, as palavras mansas ditas com voz suave têm mais efeito que qualquer discurso caloroso...
Abraço =)

Fernanda disse...

As vezes quando gritamos para nos escutar, é por que precisamos de mais tempo para nos mesmos. Cuidar da nossa alma,o que agente sente ...

Márcia Amaral disse...

e a gente quer que alguém entende, mas ninguém quer entender.

Thalita Souza disse...

Não se arrependa do que não foi,ou do que não é,pois o maior erro,pode ser o maior acerto de sua vida!

Amo vim aqui no teu cantinho,
beijos!