sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

A volta.

Se "todo dia de manhã
é nostalgia das besteiras
que fizemos ontem",
tem dia todo o dia,
manhã o dia inteiro,
besteira a cada noite,
nostalgia permanente.
tem ontem também, sempre.
e noite, será que tem?
porque sempre gostei mais dela.
sempre fui lua.
sol já não lembro
se também o fui.
será que ainda tem tempo
de ter também madrugada?
porque madrugada é fria,
e não quero mais calor.
já ardi demais.
já queimei demais.
e o calor me fez derreter.
derreti demais.
derreti inteira.
e fraca fiquei,
e frágil fiquei.
agora é tarde.
são 4 da tarde.
eu senti madrugada,
eu fui madrugada.
de dor sobrou nada,
e a lua sorriu.

mariana andrade*

19 comentários:

- Lara Alves disse...

Docemente lindo , parabéns .
beijoos ,

ticoético disse...

e vejo ela ali,sorrindo até agora,enfim,belo poema.
abraço !

Renata disse...

Amei o texto!
Amei aki!
Estou seguindo.
Beijos e bom natal

''Tay' disse...

Que lindo *-*
adorei.
Feliz Natal.

bjus =*

Fernanda disse...

a melhor coisa da madrugada é isso: a lua,ela é a inspiração dos poetas=)

Mayla disse...

Lindo!Adorei o poema!
Feliz Natal!
bjos
mah

Mariah disse...

" e noite, será que tem?
porque sempre gostei mais dela.
sempre fui lua. "

me identifiquei!
feliz nataaaal

Alan Félix disse...

estava sem animo para ler,
mas você deu vida ao meu dia.

quero ser noite, quero revelar o que o dia oculta dos olhos.

Priscila Rôde disse...

Ela sempre sorri pra mim! :)

Diego Morais disse...

Lindo poema.
Quando a Lua ri, é sempre muito bom.
Mas quando o Sol se abre, é bem melhor.
:)

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Só vir aqui me basta. Suas palavras se tornaram o meu vício..


*Palavras são mutáveis, por isso que é sempre massa brincar com elas.

L! disse...

Quem sabe um desses dias a gente não se encontra lá no mundo da poesia (:

Belo texto.
De quem é a citação no começo do poema?

Beeijo.

FatoSempalavras. disse...

Vc?

aaaah, meu anjo, meu doce anjo...vc ñ precisa de tempo, pra vc a madrugada voa, pois o Sol quer brilhar, Ele tenta brilhar mais que vc, mas o seu brilho é especial!!!

Espero que tenha tido um ótimo Natal.

Incontáveis abraços.

Felicidade Clandestina. disse...

Nostalgia Pura.

LINDO! Beijos doces flor...

E mais uma vez te agradeço pelo carinho de sempre! ♥

Nívea disse...

haha que delícia essas suas palavras. muito boas!


prefiro acordar arrependida do que dormir com vontade. nostalgias das besteiras de ontem!? Sol? madrugada?
Aahh Calor! ardência!
A lua e o sorriso.

Mais alguma coisa senhorita!?

=P

Carla disse...

lindo *-*

Vinícius Aguiar disse...

Belíssimo poema! Palavras que se se misturam com a beleza da natureza sempre adquirem um enorme sentimentalismo, que tanto nos falta nos dias de hoje!

Parabéns!

Juliana Dias disse...

Sou péssima é arrumar as palavras assim como um poema e tal. Sou mais da palavra corrida, por isso admiro quem o faz e faz bem. É o seu caso.

Adorei esse poema!

Erica Ferro disse...

Escreveste pra mim? Foi, né?
Senti isso. ;p

:*