domingo, 27 de dezembro de 2009

Sinto-me confuso,
Diante de teus imaginários lábios,
Nos meus pensamentos eu abuso,
E peso sinto de tamanha mentira,
Pois sei que a flor no céu consigo pegar,
Medo tenho se a altura consigo aguentar,
Então se tudo é ilusão,
ou curtos sonhos,
De que adianta sentir agonia?
Temer se crime algum fiz?
Mas o pecado cometo,
Pecado existe no que digo,
e no que ela diz,
Pecado no desejo,
pecado está no medo,
Olho pra lua, e penso,
Com a luz, me guiando em pensamentos,
Com escolhas mais claras,
Organizando meus desejos
Mas penso também,
Porque me prender em algo mortal,
Algo de tempo curto,
Em vez de viver livre e inseguro?

de novo neto lima*

P.S.: beleza, adorei esse. e se eu dissesse pra vocês que ele escreve assim, do nada, quando a gente tá falando ao telefone? aehuaehae invejinha, invejinha *-*
beijo enorme pra ele, e pra vocês :*

mariana andrade.

19 comentários:

L! disse...

sabia que conhecia aquela frase de algum lugar!
fui apresentada ao teatro mágico há pouco tempo por um amigo - tempo suficiente para que eu me encantasse por todo o Segundo Ato.
-
"Porque me prender em algo mortal,
Algo de tempo curto,
Em vez de viver livre e inseguro?"

caiu como uma luva ao dia de hoje. mas não entendi: você que escreveu?
um belo poema, decerto (:

Fernanda disse...

Acho lindo o talento das pessoas que nascem com o dom dos poemas=)chega a ser mágico=)

Felicidade Clandestina. disse...

*--*

magia isso neh?

LINDO demais.

Neto Lima disse...

eu q escrevi, brigado ae pelos elogios, e obrigado mari por colokar meus poemas no teu blog

Priscila Rôde disse...

Ual!

"invejinha, invejinha" [2] hahaha

Ele poderia fazer um blog né .. :)

Um beiiijo.

D i c a disse...

Tem gente que nasceu pra poesia.
Tenho um amigo que escreve poesias maravilhosas, tão sensível, tão poetico, só tem um problema, escreve completamente errado. Nunca conheci outra pessoas pior que Ele.
Vivo brigando com ele, pedindo que leia, que estude, que tente aprender a escrever corretamente.
Mas, isso não muda o quão bom ele é.

Mai disse...

A poesia exerce um encantamento.
O ilusório nos contradiz, ao mesmo tempo em que nos amedronta, é pura magia.

você traduziu super bem.
abraços e boas festas.

FatoSempalavras. disse...

Anjo....ele tem uma capacidade imensa de escrever. o felicito!!!

Mas, saibas que, a senhorita ñ fica para tras. E gosto muito do que escreves...são palavras com uma intensidade absurda, apesar de muitas vezes serem bem singelas.

Te adoro, meu lindo anjo.

<3

Thalita Souza disse...

Muito bom!!

Mayla disse...

Muito lindo!Queria ter essa facilidade para escrever...hdshds
Feliz Ano Novo!
bjos
mah

Nívea disse...

belas palavras a desse moço,
e muito bom gosto o seu!

texto sintonizado com o blog, tudo se encaixa... tah de parabéns querida!


sentimentos em palavras....
tah vendo, não serei a única a matar leitores não ahahaa


beijos linda!
Nii Flor

A beibe disse...

Uau, ein

Ester Augusta. disse...

"Olho pra lua, e penso,
Com a luz, me guiando em pensamentos,
Com escolhas mais claras"

Lindo, lindo e lindo.
Ele escreve bem ein *-*. E como eu sou uma leitora fantasma do seu blog, tenho que dizer que você escreve MUITO bem.
Beijo.

Alan Félix disse...

se houvesse a certeza, não existiria a confusão, o problema é o céu que voamos e onde vai nos levar.

Mariah disse...

nossa, que mágico! quanta inspiração... ele escreve muito bem, realmente! Parabéns!

cássia disse...

lindo,como sempre

Sophia disse...

Gosto de poeisas

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Adorei


Ele poderia fazer um blog né .. :)+1

Beijos

Erica Ferro disse...

Faaaaaaaz um blog, Neto.

:*