quinta-feira, 25 de junho de 2009

Querer não é poder;

Oferecimentos e agradecimentos à Laryssa Almeida. Não imaginas o quanto é gratificante receber tua opinião sobre meus textos. Te daria um abraço agora, se eu pudesse :'(

Se eu pudesse, voaria pelo mundo à procura daqueles que amo. Muitos deles moram longe. Queria ao menos dar-lhes um abraço, dizer que a distância não muda nada. Apenas provoca uma imensa saudade em meu coração.
Esse sentimento que tanto exerce influência sobre mim. Um dos poucos que podem me machucar tanto, pra falar a verdade. Mas talvez seja o único que eu já me acostumei por inteiro. Ou não..
Acho que temos que nos acostumar com essa saudade. Porque ela é real, e seu poder é incalculável.
Mas sabe o que eu acho? As coisas que acontecem na vida "tem um momento e um destino", como diz aquela canção. Para mim, não existem meros acasos. é por isso que considero cada mudança como uma oportunidade, cada fim como um recomeço. As quedas existem para que possamos nos levantar.
Eu sei o quanto é dificil acostumar-se com uma realidade totalmente diferente. Ou talvez não saiba. Mas tenho certeza de que há várias portas que se abrem após uma mudança na hora certa. Temos que saber aproveitá-las. Devemos enxergar o que há por trás delas, ver que cada uma dessas portas tem provações que nos farão bem depois de algum tempo.
Querer nem sempre é poder, infelizmente (ou até felizmente). Mas, se quisermos, as mudanças tornam-se coisas naturais. Acabamos nos acostumando a elas. E volta tudo ao normal.
Enfim, te prometo que, se eu quiser TANTO a ponto de poder, te dou um par de asas de presente. Só precisas esperar um pouco mais.

mariana andrade*




Um comentário:

Bianca :~ disse...

laryssa almeida é a minha prima.
to morrend de saudades dela e queria tanto poder abraçar ela, pena que ela tá tão longe. :(