quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

-

se me vem
mesmo que em sonho
o teu sorriso
o meu escapa também.
começa nos olhos
e vai parar, quase sem ar
no teu peito.
ri com um som bonito
descansa nos teus carinhos
cura a dor.
o riso que
veio depois das lágrimas
dessas tantas madrugadas
sem teu eu junto do meu
sem a boca apressada
as coxas arrepiadas
pelo toque das tuas mãos.
hoje o sinto
não mais como consequência
mas como o belo motivo
da paz no meu coração.

8 comentários:

Ana Andreolli disse...

accho linda essa levaza que vc descreve certas coisas, em pequenas estrofes.

Robson Ojuarah disse...

gostei dos versos

Tatiane Trajano disse...

A paz que merecemos!

Maria Midlej disse...

Sabe a expressão virtual ''vomitei arco-iris''? Foi quase isso aí minha reação quando eu cheguei à ultima palavra daí. hahaha

Delícia.

Nara Sales disse...

A tua delicadeza com as palavras é excepcional. Há tanto amor e tanta calma. É tão delicioso sentir-se assim.

Felicidade Clandestina. disse...

Coisa mais linda você menina, com essa serenidade de saber brincar com as palavras, descrever todo esse amor que a gente procura sentir ao menos uma vez na vida.


Lindo.

Stella Rodrigues disse...

Que coisa linda *-* bom que o coração está em paz. assim todo o resto fica

Thaai disse...

Adorei! Axei lindo suas palavras...

Seguindo..