quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

todo dia


amanheço no teu abraço
com teu toque sendo abrigo
sendo ninho

e começamos a dançar
sincronizados
entrelaçados
que é pro nó não desatar

sei que me guardas no teu peito
e é pra ele que me puxas
com o teu beijo sendo avanço
sendo vontade

e eu busco pelo teu cheiro
com a cabeça em tua nuca
minhas mãos nos teus cabelos
as tuas em minha cintura

e a dança dura o dia inteiro
o dia todo vira dia
e és sol
dia após dia

se a noite finalmente vem
a gente deita no colchão
sem lençol nem travesseiro
mas com amor no corpo inteiro

e teus carinhos me esquentam
a tua voz em meu ouvido
sussurra baixinho
"até amanhã"

e eu durmo sorrindo.






4 comentários:

Camila Mancio. disse...

A-m-e-i!

beijos e sucesso para o blog!

Ana Andreolli disse...

sei como é.

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

nada melhor do que dormir sorrindo!

Abraços Imundos.

Camila disse...

se a noite finalmente vem
a gente deita no colchão
sem lençol nem travesseiro
mas com amor no corpo inteiro

Adorei mesmo *-*