quarta-feira, 13 de outubro de 2010

relicário

o de antes
me sorri
me renova
traz de volta
a pontinha de receio
misturada com a esperança
do estar
do ser
e do sempre


o de agora
ainda sorri
mas com agonia
e agoniza
de saudade
não do que foi
mas do que é
e não mais será


o de depois
desespera
me exaspera
só sei que será
será por quê?
por que será?


prometa
que me guarda
com carinho
prometa
que me dá
atenção especial
que não me deixa morrer
que não me deixa murchar
prometa
que me cuida
que me ajuda
prometa
que me tem
e que terá


ainda e sempre.

7 comentários:

absinthe disse...

eu prometo. :-) assim como todos que te amam, afinal é um relicário imenso desse amor.
ps: lindo.

Vital disse...

flores e seus estares.

bonito e triste.

emannu disse...

prometo, que vou te deixar guardada, e que sempre vou te tratar com carinho, que sempre vou estar aqui pra tudo, que sempre vou te amar e renovar esse amor todos os dias, vou segurar a tua mão e vou te fazer sorrir sempre que precisar, vou te fazer feliz todos os dias, e vou ser teu companheiro pra toda a vida, vais ser só minha, e eu serei só teu, e nós seremos um só, ontem, hoje e sempre. amo você

Priscila Rôde disse...

Mari, assim eu morro!
LINDO DEMAISSSSSS!

Má Midlej disse...

Menina, menina, menina!
Voce anda fantástica, ein? Cada vez melhor, e surpreendente.
Esses versos estão maravilhosos, moça.
Uau!

D.Vitor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
M amaral disse...

olha quem voltou pra alegrar a sua vida!!!!!!!!!!!!!!!!!!! me segue ai beijos te amo rsrs