domingo, 29 de agosto de 2010

-

"Pois tu eras meu perfeito,
 e eu era o teu.
 E mesmo que os tais perfeitos possuíssem falhas, 
era o que bastava para nós."

é, acho que é isso..


mariana andrade*

10 comentários:

Rafael Santiago disse...

Em um quebra-cabeça uma peça é exclusivamente ligada a outra, e mesmo que ainda faltem mais peças para completar o quebra-cabeça, essas 2 peças juntas já dão sentido a figura.

Priscila Rôde disse...

E tudo fica perfeito, apesar de.

Um beijo, Mari.

Mariah disse...

que lindo... nem sei o que te falar! gostei mesmo :)

- maria elis disse...

quando se gosta, não se repara nas falhas ;)'

beijas, mari :*

@juusep disse...

As vezes nem o perfeito basta. :\\\

evelyn andrade disse...

hum hum...

JaqueFonseca; disse...

A gente não precisa de muito.

Erica Ferro disse...

Acho que os dois juntos tornavam-se menos imperfeitos.
É, eu acho mesmo.

Beijo, MariLindaPoetisa.

Gislaine Fernandes disse...

Perfeito!
beijos

emannu disse...

o amor minimiza os defeitos, e as imperfeições, e tudo o que antes era comum, agora é perfeito, assim como você é pra mim :}