terça-feira, 7 de julho de 2009

As janelas da alma;

Um dia me falaram do estranho brilho que trago em meus olhos. Disseram-me que era estranho, porém belo. Que me dava um toque diferente. Me mostrava alguém forte. Sonhadora. Fiel.

Pra ser bem sincera, eu nunca dei valor a esse comentário. Agradeci, como era de se esperar, mas não acreditei. Não achava possivel que um brilhinho de nada fosse capaz de dizer algo sobre mim. Sobre o que eu sentia. Sobre o que eu era.

Ontem, enquanto eu tirava as fotos idiotas no espelho, olhei bem os meus olhos. No primeiro momento, apenas observei o formato deles. Quando olhei mais fundo, percebi a presença do brilho. SIM, ele estava lá. Pela primeira vez ficamos frente a frente. Então eu vi que ele realmente dizia muito de mim.

Passei a acreditar no que minha mãe me dizia: "os olhos são a janela da alma". Sim, eles desvendaram a minha alma. E sabe aqueles segredos que eu citei em outro texto? Olhe dentro dos meus olhos. Quem sabe eles não estão perdidos por lá...

mariana andrade*


6 comentários:

Char * disse...

Aqui tá tudo muito lindo,amei o texto.Desculpe a demora,mais eu ando sem ideias para o blog,e acabo deixando de lado.beijos

Marii~ Andradee disse...

aah, mas faz um esforcinho. teu talento é nato! brigada pelo coment, bjs

bettina disse...

Nindo ameei!

lua primavera disse...

Também dizem que os meus olhos falam muito de mim. Eu particularmente não consigo entrar na janela da minha alma nem na de ninguém porque eu não cnsigo decifrar ninguém pelos olhos.
*:

Marii~ Andradee disse...

aah lua, na minha opinião, se fosse tão fácil não seria real. sem falar que não teria tanta magia assim..
obrigada mesmo pelos coments. bjão

Márcia Amaral disse...

foto seduzindo é o lance, comenta no meu blog poxa ): te amo broto