segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Quando se vive ao mesmo tempo
do lado de fora e do lado de dentro
não há alma que se esgote
nem sorriso que não volte
não há falha no encaixe
de peito com a razão.

Quando se vive ao mesmo tempo
do lado de fora e do lado de dentro
não há fome que não cesse
nem alegria que se regre
não há dúvidas no uso
da fé como conjunção.

4 comentários:

night-night, friends. disse...

viver é isso mesmo, eu acho... estar e não estar, do lado de fora, do lado de demtro, tudo ao mesmo tempo...
te amo.

Ana Andreolli disse...

você sintetizou tudo muito bem.

Márcia disse...

cade a barra de seguir isso daqui???????

Mariana Andrade disse...

Tirei, virei anti-social