terça-feira, 24 de julho de 2012

é você que tem

seus olhos enxergam tudo pela frente, e eu só consigo olhar você. sua pele iluminada pela luz com um tom azul me lembrou um poema antigo, de quando a gente era início e ainda não havia vírgulas pelo meio do caminho. é difícil arrancar um sorriso quando você luta, de boca fechada e olhar fixo, pra prestar atenção no  que nem quer. sei que é mais interessante olhar cada centímetro da tua pele do que o mundo que circula ao nosso redor. sei que há mais coisa dentro de você do que num mundo inteiro. mais entre nós do que em todos os mundos. sei que o lado de dentro é maior que o de fora, e que, mesmo assim, você quase não cabe no meu peito apertadinho de saudade, que só relaxa assim: sentindo de perto o cheiro que vem do seu pescoço. e agora parece tudo mais claro e mais embaralhado ao mesmo tempo, como se duas metades não só se completassem, mas se fundissem numa melodia repleta de sóis que terminam em dós. sei que você me entende. sei que essas notas são ora barulho, ora um canto calmo, quase gregoriano, que nos mostram o ponto de verdadeiro equilíbrio. é nessa hora que os olhos se encontram. tua respiração sempre fica no ritmo exato da minha vontade, e quando as bocas se encostam... ah, eu sei... existe céu.





"é você que tem na pele a luz
cor da coisa mais segura que eu já vi 
formar na mácula escura..."

6 comentários:

Emannu Serrão disse...

Tuas palavras são perfeitas pra expressar tudo aquilo que a gente tem, mas eu ainda prefiro o teu olhar fixo no meu pra dizer tudo aquilo que sentimos, e só um sussurro basta... "te amarei pra sempre"

Maria Midlej disse...

É vocÊ que tem esse talento maravilhoso, linda!
Eu me perco nesse amor que você escreve (e vive).

Antônio disse...

Ô, se senti! Mas que bela paixão, belo amor e tudo mais, hein? Maravilha!

Camila disse...

*-*

Hélio Netho disse...

o sentir as vezes faz tanto sentindo >>

Stella Rodrigues disse...

E quem é que não deseja um amor assim?