quarta-feira, 8 de junho de 2011

rotativa

se a incerteza aparecer, lembra:
o que a gente é
é o que nos torna diferente dos outros.
o que a gente quer
é o que impulsiona o que virá.
e toda essa espera,
mesmo que o destino não queira trazer
o final sem final que a gente sempre sonhou,
a vida, já é sabido,
há de nos recompensar

e recomeçar.

2 comentários:

Gabriela F disse...

senti!
Muito bem escrito.
"O final sem final que a gente sempre sonhou"
Muito meu, rs!

Má Midlej disse...

Simplesmente amei. Porra, mariana, sua sensibilidade, simplicidade e maravilha me arrepiam. E a vida é isso. Eexatamente isso e tudo o mais.