sábado, 5 de junho de 2010

de um adeus.

"Por meio desta, digo-lhe :
não há mais lugar pra você aqui.
Não há mais espaço pra lamentações por aquelas feridas abertas.
É alheio a mim o teu efeito, e por teus belos trejeitos não me deixo levar.
Mesmo que eu tenha chegado, por esses tempos,
à conclusão de que é bem melhor a minha poesia quando te fazes presente,
não há mais palavra alguma que consiga me desarmar.
E o desamor, meu bem, este não mais é capaz de vir me atormentar.
Que foi dele que surgiu você, e se de lá veio, pra lá voltará.

Vai, vai virar pó pra lá.
Que daqui eu já tirei tudo.
De trás das cortinas, por baixo dos tapetes.
Vai, que pra pó não tem mais espaço aqui.
Nem pra fragmento de nada, que eu quero ser tudo.
teu tudo.
tudo teu.

Vá habitar um lugar bem longe,
que cá perto só quero a minha felicidade
de cada dia, e todos os dias.
só até o final da eternidade.
que não tem fim.

Então junte suas roupas,
junte seus sapatos, ou use os pés descalços,
mas vá logo, vá depressa,
que eu também vou.
vou ali.

bem ali, viver.
bem.

adeus, solidão."
mariana andrade*

13 comentários:

Julia Melo disse...

Eu queria dizer isso para alguem, :s está mt bom, beijos querida.

Thalita Souza disse...

Ah,é isso aí!Diga adeus à solidão,manda ela ir para longe!
beijos ;*

Priscila Rôde disse...

Eu gosto dela perto de mim...


Beijos, Linda.

Mariah disse...

que saudade de ler seus textos!

emannu disse...

quando existe emannu, não pode existir solidão, bj

Hosana Lemos disse...

'que cá perto só quero a minha felicidade
de cada dia, e todos os dias.'

e qeu chegue e te faça uma looonga companhia, que te não abandone pro qualquer motivo! que te faça sorrir.
^^

beijos

evelyn andrade disse...

não tem explicação: basta o texto ser.

Erica Ferro disse...

A proximidade dele faz mal, porque ele é indiferente. :S

Preciso ir embora, antes que eu fique mais tempo por aqui chorando, sofrendo.

Sou sua fã - e essa frase não é inédita, rs.

Beijo.

Stella Rodrigues disse...

Adeus solidão \o bye bye tristeza não precisa voltar ♫ hauh lembrei disso, a solidão é precisa as vezes, mas a tristeza não. Que venha a felicidade, e torne cada dia mais feliz que o outro.

Brenda Matos disse...

Como sempre as tuas palavras são incríveis, né moça?

haha

Beijos, sua linda. :*

Mariana Amorim disse...

Quem gosta da solidão, nunca é livre. Clarice Lispecor.
Ameiii Mari como sempre, né.
bjo

Suzy Carvalho disse...

Olá, fiquei um tempo fora do blog, mas agora estou de volta :D
voltando a seguir-te e acompanhar seus posts :)

Bjs

Lua disse...

é preciso ter coragem pra isso!

beijo ;)