terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Deixe-me.

Eu contei até 100
e esqueci o porquê
Não busquei o que queria,
então veio você.
Juro, não era isso
o que eu esperava encontrar.
Juro que, se eu pudesse,
não iria mais te encontrar.
Mas és tu que insistes,
que não me deixas ir,
és tu que me irritas
quando me fazes sorrir.
Saia daqui agora,
faça o que eu um dia fiz,
sem nada dizer, fui-me embora,
e ficaste ali, infeliz.

(por que fazes tudo ao contrário?)
mariana andrade*


P.S.: Queridos, obrigada pelos comentarios.. Saudades de vir aqui todos os dias ): beijo grande, mari.

18 comentários:

Erica Ferro disse...

Fazer coisas ao contrário é mais divertido, hehe.
Ou não, depende de quem e pra quem se faz as coisas ao contrário.

Enfim...
Beijo, Mari. ;)

- maria elis disse...

eu queria tanto ir embora, mas quem disse que consigo ;~

beijas mari :*

Eloisa disse...

Que bonito, doce.
Faz tempo que não venho aqui, tudo está diferente.
Li ele ao contrário para ver o efeito que teria e ficou divertido. :)

Tenta também.

Meu beijo.

Tania Girl disse...

Adorei... de verdade!!
Muito lindo.
bjos

- gabs, disse...

Desculpa a palavra mas: PUTA QUE PARIU! F-O-D-A.
Sou uma iniciante em poesia, e tu fazes ela ao contrário.
Mágico, linda de todos os ângulos.

Thalita Souza disse...

Tudo que é ao contrário é melhor ,não?!
É diferente,é especial.

bjo flor ;*

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

"Faço tudo ao contrário porque você não sabe o que diz, porque diz não quando queres dizer sim"

Adoroooooooooooooooooooo

Abraços!

Fernanda disse...

acho que ela foi embora,mas um dia volta,por que é na volta que tudo é esquecido...

Larissa disse...

Se ele faz ao contrário, pode ser a outra metade. Quem sabe?

' Jαdє Amσrιm disse...

Ai que lindo menina!
Sem palavras. Nunca que vou conseguir escrever um poema assim.

juu . disse...

aaa que lindo *-*
saudades daqui :(
continuei a história que eu to escrevendo lembra? da lorena e do bernardo? :)
beijos. se cuida. :)

Cadinho RoCo disse...

Mas o que é fazer tudo certo?
Cadinho RoCo

Mariah disse...

que lindo o texto! e que pena que você tá apertada com o colégio... boa sorte com tudo e poste sempre que der :)

Hannah Macêdo disse...

Amei Mari, lindo mesmo. Eu até que tento deixar tudo e ir embora, mas não iria me perdoar se tivesse que desistir, algo me prende e não consigo largar...

beijinhos :*

ticoético disse...

é bom estar de volta e ler um dos seus,espero que não esteja passando por isso,enfim,belo poema.
abraço !

Priscila Rôde disse...

O contrário as vezes é bom por que surpreende mas, machuca também!
;/

Beijos, Poetisa!

Angel disse...

"Largaste o perfeito
e eu o eternizei"

Que lindo!

Se é o fim, quem sabe? Se não voltará nunca mais, quem, também, a de saber? O destino a Deus pertence, é o que repete sempre a minha mãe. E se acabou de uma vez, se foi para não mais voltar, é porque algo ainda melhor está por vir.

Você escreve muito!

Abraços.

Marcelo disse...

bem feito.. :)

bjos