sexta-feira, 30 de outubro de 2009

me ensina a ser como tu, te ensino a ser como eu.


Asas.
É isso mesmo.
Eu havia tentado lembrar
do elemento que estava faltando
para realizar a fuga perfeita.
fuga de mim.
fuga do que você deixou em mim.
Parecia que todas as coisas
já haviam sido providenciadas.
Mas vejo que a única que
se importa com as consequências
sou eu.
Sempre eu.
Por que eu tenho que ser
tão frágil quanto as mulheres de Atenas.
Me empresta a tua força, espartano?
Ou me faça enxergar a minha própria força.
Sei que ela está escondida por aqui.
Todos a possuem.
E asas? Tens asas, espartano?
Se tiveres, subo agora nos teus ombros.
Mas não para voar contigo.
E sim para arrancá-las das tuas costas.
Guardar rancor não é comigo,
mas isso não quer dizer que não devas aprender.
Pois agora vais ter o que mereces.
Te tornarás frágil.
Como eu me tornei.
Cortarei fora as suas asas.
Acorde, isso é a realidade!
Então você aprenderá
a arranjar força com os pés no chão.
Pois foi assim que eu aprendi.

mariana andrade*

18 comentários:

Luíza disse...

ééé...
AMEI!

Marie disse...

Estou precisando virar uma espartana. Chega de ser a donzela delicada. Mari, ameiiii.bjs

Felicidade Clandestina. disse...

adorei *__*

''Guardar rancor não é comigo,
mas isso não quer dizer que não devas aprender.''

adorei é pouco...

amei demais este

Lindissimo cmo sempre !!! (:

Rosie Dunne disse...

muito bom, gostei muito! :)

Gabi disse...

eu tbm adorei. Obrigada pelas dicas tbm e por me seguir beijinhos

Honny. disse...

Passando de visita,
e vi teu blog *

gostei do poema ,
e principalmente da parte:

''...arranjar força com os pés no chão.
Pois foi assim que eu aprendi.''
:*

, dudiinha cazé disse...

que liindo *-* também quero asas, pra fugir de pessoas incovinientes desagradáveis que infelizmente-felizmente me sercam :S

Daiana Costa disse...

Confesso que gosto de ser 'mulher de Atenas'. A força nem sempre é tão importante, não tanto quanto a esperteza. ;D

Gostei da métrica, das palavras, e todo o resto. (:

:*

› dani.avila ♥ disse...

aaaah qê texto perfeito *-*
adoroon texto sobre asas e voar, asho tão inocente & perfeito *-*
ah eu gosto tanto dessas bandinhas, só não gosto quando viram modinha x.x
me irrita :X

poisé menina, essa confusão toda com o fê tem me deixado sem inspiração alguma, eu escrevo textos e eles estão saindo cada vez piores, então resolvo nem postá-los, mas assim que algum sair no minimo 'razoável' eu posto pra ti :D

beijão telepata ;*

Deni Maciel disse...

é dando q se recebe *-*
=]
primeira vez aqui
espero q de muitas *-*
abraço
ótimo fds imendado.
=]
com bruxas e finados.
ou seja..o Jason Vorhees numa vassoura...
ou a hebe camargo fazendo uma poção magica pra rejuvenescer...
...
em breve:
Pastormentado e o video game =O

Lunna disse...

"Te tornarás frágil.
Como eu me tornei.
Cortarei fora as suas asas.
Acorde, isso é a realidade!"


Tenho que me tornar fragil como uma espartana, sem perder a fragilidade....
será isto possível???...
só vivendo na realidade para saber...
[doideira e viagens minhas.. hihihi]

;*

Islla disse...

minha gêmea arraza, oi :)

quero me tornar forte, sem perder meu encanto e sem sair do meu mundinho conto de fadas, ele sempre foi mais seguro pra mim.

beijos meu amorê ♥

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Primeira visita, e ameiiii muito parabens menina!

beijos

Verônica disse...

Nossa, amei!
parar de sempre ser a mocinha da historia. ;)
realmente, ta lindissimo esse texto! *-*
Um bj flor.

Erica Ferro disse...

Caraca!
Ficamos assim, então: você adorando meus poemas e eu morrendo de emoção ao ler suas palavras lindas e poéticas. :D

Adorei, menina. Muito mesmo.
Só com os pés no chão se pode andar realmente.

Beijo.

Suzy Carvalho disse...

ahh tenta gravar sim *-*

huahuaua e me manda :D

'Ariane .( lla Belle )' disse...

Eu já comentei aqui, porém queria falar mais uma coisa adoro essa imagem, me faz lembrar mil coisas.

Valeu por comentar

eeeeee


to te seguindo

beijos

Daniela disse...

Maravilhoso! Vc tem uma vocação poética formidável! Parabéns :D