quinta-feira, 11 de junho de 2009

Tudo o que eu quiser...

Subir em um arranha-céu.
Pular.
Voar.
Não esperar.
Fazer acontecer.
E desaparecer.
Não guardar lembranças idiotas.
Viver o presente.
Sonhar com o futuro.
Mas não tanto.
Não gosto de desapontamentos.
Plantar minha semente na terra seca.
Vê-la crescer sem precisar de água.
Só com o poder do meu olhar,
algumas gotas de atitude,
amor,
e realização.
Dançar até o mundo acabar.
Ouvir o som.
Sentir a música.
Cantar a letra.
Ser tomada pela melodia leve.
Dançar valsa sozinha.
Não quero depender de um par.
Independencia.
Liberdade.
Minhas vontades.
Apenas minhas.
Ou de muitos outros mais.


mariana andrade*

Um comentário:

evelyn andrade disse...

TOMA-TE, adorei essa 'escrotisse', ê! hahaha seja assim e serás feliz! beijos, te amo!